FIM DE ANO – Como é bom ter uma família

Fim de ano. Quando eu tinha uma família grande e barulhenta, o natal e a virada do ano eram datas especiais porque todos se reuniam. Havia muita alegria e também a lavação da roupa suja quando o vinho e a cerveja começavam a falar mais alto. No dia seguinte, continuávamos todos da mesma família. Agora, que todos se foram, todos os dias e noites são iguais para mim. Ficaram as boas lembranças, inclusive da lavação da roupa suja, a saudade e uma certeza: Como é bom ter uma família. Por isso, eu imploro aos que têm uma família, por menor que seja, que aproveitem, por mais complicada que a família seja. Aos que não têm, desejo que encontrem coragem e tranquilidade para prosseguir com a missão, seja também qual for, porque um dia tudo acaba, o que é bom e o que é ruim. Em resposta aos votos que venho recebendo nesta época, meu desejo sincero é que, especialmente por tantas dificuldades no nosso Brasil e no mundo, lutem para ter paz interior, em todos os dias e noites, durante o ano todo. (texto postado no facebook no dia 22 de dezembro de 2015).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.