Quarta mensagem

Deus olha o planeta Terra e não tira as mãos da cabeça. Está decepcionado. Não fosse Deus, um soco na mesa e/ou um palavrão serviria para desabafar. Um grito, talvez!… Mas é Deus, o criador. E agora? Lança mão de um meteoro e manda a criação para o espaço?… Não, Deus não pode perder a paciência, não pode ter ataques de pelanca como os humanos, por mais que a criação tenha desandado. E olha que os humanos estão se esmerando para exterminar o planeta sem ajuda do além.

  • O senhor anda calado…
  • Hum…
  • Não sou de botar panos quentes. Pra ser exato, gosto de tudo em brasa. O planetinha está precisando de uma lição.
  • Você vai me dizer o que fazer?
  • Posso sugerir alguma coisa, mas só me ocorrem medidas drásticas e, já lhe disse, o Inferno está cheio. Não posso receber multidões. Um ou outro, vá lá. Se bem que se o Senhor acabasse com a Terra, nem o céu suportaria receber tal quantidade de criaturas. Custa-me admitir, mas há seres humanos bons, até excelentes.
  • Você está sugerindo acabar com a Terra?
  • O Senhor vai concordar que essa tal de humanidade está pobre. Na minha milenar opinião, não há salvação.
  • Na sua opinião. Se você recolhesse os seus enviados, melhoraria muito.
  • Talvez, mas eles estão se divertindo tanto. A humanidade está tão perdida. Tenho me divertido muito também.
  • Hum…
  • Aqui entre nós, está perto do fim, não é?
  • O fim de quê?
  • Do mundo, ora! Desse planetinha violento, poluído… Que tal o caos? O caos completo? Outro dilúvio seria falta de imaginação. O que poderia ser? Uma chuva de raios? Um temporal? Raios por todos os cantos, fogo! Muito fogo! Tanto fogo como … no Inferno? A humanidade cremada… Que beleza… Também, do jeito que eles se matam, daqui a pouco o Senhor nem vai precisar descer a mão…
  • Eu? Descer a mão?
  • É, pegar pesado, como eles dizem lá. No Brasil dizem “chutar o balde”. Engraçados os brasileiros… Mas também está lá uma maluquice, ninguém se entende. O Senhor lembra quando só tinha índios?  Aquilo era o paraíso. Andavam nus, sabia? O índios!… É claro que sabe. O que vai fazer então?
  • Acha mesmo que vou lhe contar os meus planos?
  • Por que não? Vamos lá, desabafe!… As coisas já estão tão ruins na Terra que está até perdendo a graça. Vamos lá, acabe com o planeta? Não lhe custa nada.
  • Hum…

Um comentário em “Quarta mensagem

  • Março 12, 2016 em 1:59 pm
    Permalink

    Como já foi dito, que delicia “escutar” suas estórias!!! E você nao se repete, so se supera! Fantástico!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.