História de Ano Novo

Faz uns 30 anos tive a ideia de juntar a parte da família brasileira com a parte portuguesa lá na terrinha de papai para virarmos o ano juntos. Fomos todos. Apesar do frio congelante ( na casa não havia nem uma lareira ), lá estávamos todos juntos para a ceia. Comemos e bebemos bem, como em geral se faz em Portugal. Eu felicíssima. Até que lá pelas dez e meia da noite a parte portuguesa começou  se despedir. Todos agricultores, tinham que levantar cedo da cama no dia seguinte, como em todos os dias. Argumentei exaustivamente haver chegado o dia da exceção à regra. Não adiantou. Na virada do ano, lá estávamos nós, os congelados.  Os mesmos que estariam congelando no Brasil. ( texto postado no facebook em 20 de dezembro ).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.